Passagens de ônibus para Rio, Curitiba e Florianópolis seguem suspensas em SP

SÃO PAULO, SP, CAMPINAS, SP, E BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Passagens de ônibus para o Rio de Janeiro, Curitiba e Florianópolis continuam suspensas no Terminal Rodoviário do Tietê, na zona norte de São Paulo, por causa dos bloqueios de caráter golpista que ocorrem em estradas e vias públicas pelo país deste a noite de segunda-feira (31).

Segundo a Socicam, empresa que administra os terminais do Tietê e Barra Funda, havia partidas e chegadas prejudicadas nas duas rodoviárias devido às interdições nas estradas.

"Alguns ônibus que partiram do terminal Tietê ontem [segunda], com destino à cidade do Rio de Janeiro, retornaram ao terminal depois de permanecerem parados nas estradas e com o consenso da maioria dos passageiros", diz a concessionária, em nota.

A empresa orienta passageiros que precisam viajar ou já possuem bilhetes que procurem as viações responsáveis para que possam receber as orientações devidas.

Os bloqueios golpistas também prejudicam as viagens de ônibus para o interior paulista. Em Campinas (a 93 km de São Paulo), o terminal rodoviário Ramos de Azevedo suspendeu as vendas de passagens e partidas até que a situação nas rodovias se normalize. A decisão foi anunciada no final da manhã desta terça-feira (1º).

"Segue temporariamente suspensa a venda das passagens rodoviárias e partidas operadas pelo terminal até que a situação nas estradas se normalize", informa o Socicam, que também administra o terminal.

Assim como em São Paulo, ainda há partidas e chegadas prejudicadas no terminal campineiro.

Boletim da Polícia Militar aponta que por volta das 12h, 14 estradas estavam interditadas em São Paulo e 102 com trânsito parcialmente interrompidos.

Segundo a concessionária CCR AutoBan, no fim da manhã havia bloqueios em ao menos cinco pontos da rodovia Anhanguera no interior paulista: em Jundiaí (km 53), Campinas (kms 99 e 104), Americana (km 120) e Limeira.

Em Minas Gerais, passageiros de ônibus também enfrentam problemas. As manifestações golpistas em rodovias provocam cancelamento de viagens de ônibus de Belo Horizonte para São Paulo e Rio

Os cancelamentos também ocorreram tanto para as duas capitais quanto para o interior dos dois estados.

Segundo informações da rodoviária da capital mineira, levando-se em conta partidas para todos os destinos oferecidos a partir do terminal, para dentro e fora de Minas Gerais, entre 19h30 desta segunda (31) e 12h30 desta terça (1º), 160 embarques de um total de 339 para o período deixaram de ocorrer, uma queda de 52,7%.

Desde segunda-feira, por causa da vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial de domingo (30), apoiadores de Jair Bolsonaro (PL), incluindo caminhoneiros, fazem bloqueios ou aglomerações em vias de estados e do Distrito Federal. Os manifestantes pedem um golpe.