Pastor é assassinado após recusar-se a pagar R$ 10 por conserto em igreja

·1 min de leitura
Casa do suspeito foi incendiada - Foto: Divulgação/PM
Casa do suspeito foi incendiada - Foto: Divulgação/PM
  • Padre recusou-se a pagar a quantia por um conserto elétrico

  • O responsável pelo conserto voltou com três pessoas e abriu fogo contra o padre

  • Duas pessoas morreram

Um pastor foi assassinado no último sábado (22), em Palmas, no Paraná, após divergências sobre o pagamento de um conserto elétrico em sua igreja. As informações são do G1.

Segundo a Polícia Militar, a vítima teria se recusado a pagar os R$ 10 pedidos por um morador da região pelo conserto na noite de sexta-feira (21), o que teria dado início a uma confusão.

Horas depois, quatro pessoas encapuzadas teriam retornado ao local e disparado mais de 10 tiros contra o padre, que não resistiu.

Quatro homens foram baleados, sendo que um deles também morreu. Outro alvejado foi um dos responsáveis pelo disparo. Ele foi encaminhado a um hospital e recebeu voz de prisão no local.

Casa de suspeito é incendiada

Após o atentado, moradores da região foram até a casa de um dos suspeitos e a incendiaram. A polícia deve abrir investigação do caso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos