Pastor evangélico é preso suspeito de estuprar sobrinha de 13 anos

·1 min de leitura
Delegacia de Polícia Civil de Novo Gama (GO)
Delegacia de Polícia Civil de Novo Gama (GO)
  • Pastor evangélico de 59 anos foi preso suspeito de estuprar a sobrinha de 13 anos em Nova Gama (GO)

  • Esta foi a segunda prisão dele pelo mesmo crime

  • Os crimes teriam ocorrido no início de 2021 na casa da avó da criança, que fez denúncia na Polícia Civil

Um pastor evangélico de 59 anos foi preso preventivamente em Nova Gama (GO) por suspeita de estuprar a sobrinha de 13 anos. Os crimes teriam ocorrido no início de 2021 na casa da avó da criança, que fez a denúncia na Polícia Civil.

O líder religioso, que não teve identidade revelada, foi localizado na última quinta-feira (6) por policiais em Gama, cidade satélite do DF, e negou a acusação. Esta foi a segunda prisão dele pelo mesmo crime.

"Ele foi preso no final da tarde. Na verdade, ele tinha sido preso temporariamente em junho, mas foi posto em liberdade. Agora é uma preventiva", explicou ao portal UOL a delegada Lídia Castro.

Após ser preso temporariamente e fugir da cidade, o pastor ainda teria feito ameaças contra ela e a vítima enquanto era procurado pela polícia.

Os parentes da garota relutaram em acreditar pela reputação que o suspeito tinha na família, por ser pastor.

"Os familiares não deram apoio, eram contra [a denúncia] e ficaram a favor dele", declarou Lídia Castro.

O suspeito segue preso por estupro e coação e está à disposição da Justiça.

A polícia não cedeu informações sobre a representação legal do pastor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos