Bolsonaro escolhe o pastor Milton Ribeiro para o MEC

Ana Paula Ramos
·1 minuto de leitura
Reprodução - Pastor Milton Ribeiro em palestra. (Foto: Reprodução)
Reprodução - Pastor Milton Ribeiro em palestra. (Foto: Reprodução)

A novela para a nomeação do novo ministro da Educação parece ter chegado ao fim. O presidente Jair Bolsonaro escolheu Milton Ribeiro, membro da Comissão de Ética Pública da Presidência e pastor da Igreja Presbiteriana, para o Ministério da Educação. Ele é ligado à Universidade Mackenzie, advogado e apresenta no currículo doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Segundo aliados, Milton Ribeiro era o favorito do presidente entre os cotados para o cargo. A confirmação do convite foi feita pelo presidente em postagem nas redes socais, assim como havia feito com Carlos Alberto Decotelli.

Leia também

O MEC está sem titular desde a saída de Abraham Weintraub no último dia 18, após o governo ser pressionado a fazer um gesto de trégua ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Bolsonaro chegou a nomear o professor Carlos Decotelli como ministro, mas ele não tomou posse, após polêmicas envolvendo o seu currículo.

Convidado para o cargo, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, desistiu por conta de resistência das alas ideológica e militar do governo.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.