Pastor Silas Malafaia firma parceria com acusado de pirâmide de criptomoedas

·1 minuto de leitura
O pastor Silas Malafaia disparou em seu Twitter contra o deputado federal e filho do presidente Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro. (Foto: Paula Fróes/BA Press/Futura Press)
O pastor Silas Malafaia disparou em seu Twitter contra o deputado federal e filho do presidente Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro. (Foto: Paula Fróes/BA Press/Futura Press)
  • Silas Malafaia fechou parceria com o empresário Francisley Valdevino da Silva.

  • Francisley é fundador da empresa Intergalaxy e acusado por 20 de investidores de operar um esquema de pirâmide de criptomoedas.

  • Malafaia afirmou desconhecer as acusações.

O pastor Silas Malafaia fechou parceria com o empresário Francisley Valdevino da Silva, fundador da empresa Intergalaxy e acusado por 20 de investidores de operar um esquema de pirâmide de criptomoedas. As informações são do portal Metrópoles.

Leia também:

Segundo a reportagem, a parceria envolve a incorporação da Central Gospel, uma editora de livros e produtos de Malafaia, à AlvoX Negócios, uma empresa que investe em soluções de tecnologia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A parceria seria uma forma de captar recursos para pagar credores no processo de recuperação judicial da Central Gospel.

De acordo com a matéria, Francisley, que adota o apelido Francis no mundo dos negócios, é acusado por pelo menos 20 investidores de operar um sistema de pirâmide financeira envolvendo a venda de criptomoedas que resultaram em prejuízos.

À reportagem, Malafaia afirmou desconhecer as acusações, e que se forem constatadas irregularidades, estaria disposto a romper a sociedade imediatamente.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube