Pastora é morta a pancadas em porta de igreja em Goiás

·1 min de leitura
Pastora é morta em porta de igreja em Goiás - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Pastora é morta em porta de igreja em Goiás - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Pastora é morta logo após orar com fieis na capital goiana

  • Suspeito estaria em surto durante o crime

  • Pastora é mãe do cantor gospel Delino Marçal, vencedor do Grammy

Na manhã desta sexta-feira (14), no Residencial Kátia, região sudoeste da capital goiana, uma pastora de 79 anos foi morta a pancadas de um objeto que seria uma barra de ferro. De acordo com a Polícia Civil de Goiás, Odete Rosalina da Costa foi agredida até a morte em frente a uma igreja. O suspeito foi preso.

Testemunhas disseram que a pastora estava em oração com os fiéis, e, logo em seguida, o suspeito pulou o muro da igreja e invadiu o local com discurso de ódio a evangélicos.

Segundo informações iniciais da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) apontam que após praticar o crime, o suspeito saiu do local e começou a jogar pedras em alguns ônibus até ser encontrado e preso pela Polícia Militar

O suspeito, que teria praticado o crime durante um surto, foi encaminhado para a Central de Flagrantes, em Goiânia, mas não teve o nome divulgado pela polícia.

Muitos fiéis acompanham a movimentação de policiais militares e civis no local, assim como equipes da Polícia Técnico Científica, que realizam a perícia.

A pastora é mãe do cantor gospel Delino Marçal, ganhador do Grammy Latino Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa de 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos