Patrão precisa de 'poderes sobrenaturais para fugir das fiscalizações', diz Bolsonaro

Daniel Gullino

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira que patrões no Brasil precisam ser um "herói" ou ter "poderes sobrenaturais" para escapar de fiscalizações tributárias. De acordo com Bolsonaro, o Brasil tem tantos impostos que um fiscal consegue encontrar uma maneira de multar qualquer estabelecimento.

Bolsonaro fez o comentário enquanto falava sobre a proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes, de estabelecer um imposto sobre transações digitais. Segundo Bolsonaro, essa ideia ainda não foi repassada a ele.

— Se ele está estudando, não chegou para mim ainda. Ele quer, na verdade, substituir impostos. Ele quer simplificar essa teia, esse cipoal de impostos, é difícil ser patrão no Brasil. Qualquer fiscal que chega na sua empresa vai achar uma maneira de te multar. Para você ser patrão hoje em dia, você tem que ser um herói ou ter poderes sobrenaturais para fugir das fiscalizações.

Na quinta-feira, ao comentar sobre a reforma tributária, Bolsonaro disse que "todas as cartas estão na mesa", mas ressaltou que um imposto nos moldes da antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeiras (CPMF) está "demonizado".

Guedes nega que um imposto sobre transações financeiras digitais possa ser classificado como uma nova CPMF, que vigorou entre 1998 e 2007. Entretanto, especialistas afirmam que, na prática, a ideia da medida é a mesma.