Patrimônio do governador do Pará, Helder Barbalho, triplica em quatro anos

O governador do Pará e candidato à reeleição, Helder Barbalho (MDB), teve um crescimento patrimonial de 250% nos últimos quatro anos, em valores já corrigidos pela inflação. Em 2018, quando venceu as eleições no estado, ele declarou ter R$ 3,2 milhões em bens — R$ 5,3 milhões em valores de hoje —, soma que quase bateu na casa dos R$ 19 milhões em 2022.

Avanço: Mulheres batem recorde em candidaturas majoritárias, mas ainda são minoria

Eleições: Candidaturas a deputado federal batem recorde em primeiro pleito federal após fim das coligações proporcionais

A maior diferença entre os números se deu na ficha “outros bens e direitos”, onde atualmente o candidato declara ter R$12.350.000 de patrimônio. A aba estava zerada na última corrida eleitoral. Além disso, ele ganhou R$1,5 milhão em quotas ou quinhões de capital, categoria referente a participações societárias.

Filho do ex-governador Jader Barbalho (MDB) e da deputada federal Elcione Barbalho (MDB), Helder tenta a reeleição no estado do Pará pelo MDB, partido ao qual é filiado há 25 anos. Ele foi ministro da Pesca e da Secretaria Nacional dos Portos no governo Dilma Rousseff (PT), e ministro Integração Nacional do governo Michel Temer (MDB).