'Patriota do caminhão' exclui Facebook e fecha Instagram após vídeo

Bolsonarista que ficou conhecido como 'patriota do caminhão' se afastou das redes sociais depois que vídeo viralizou. Foto: Reprodução / Redes sociais.
Bolsonarista que ficou conhecido como 'patriota do caminhão' se afastou das redes sociais depois que vídeo viralizou. Foto: Reprodução / Redes sociais.
  • Bolsonarista conhecido nas redes sociais como “patriota do caminhão” excluiu conta no Facebook;

  • O apoiador de Bolsonaro ficou famoso após vídeo em que aparece pendurado em caminhão viralizar nas redes sociais;

  • Bolsonarista e motorista do veículo infringiram diversas leis de trânsito.

O bolsonarista que ficou famoso nas redes sociais como “patriota do caminhão”, Junior Cesar Peixoto, excluiu sua conta no Facebook e tornou privado seu perfil no Instagram após repercussão de vídeo no qual aparece pendurado no para-brisa de um caminhão no município de Caruaru, em Pernambuco.

O apoiador de Jair Bolsonaro (PL) falou brevemente ao g1 sobre sua exposição nas redes sociais. “Eu não queria conversar porque já fui muito exposto”, afirmou o comerciante por telefone.

Ele evitou responder outras perguntas, e preferiu encerrar a entrevista sem divulgar outros detalhes do momento registrado em vídeo e a repercussão.

Nos últimos dias, vídeos do “patriota do caminhão” geraram memes e montagens que viralizaram nas redes sociais.

Bolsonarista e motorista desobedeceram leis de trânsito

O bolsonarista e o motorista do veículo infringiram diversas leis de trânsito, informaram especialistas ao g1. O veículo rodou quilômetros após o motorista furar o bloqueio promovido pelos apoiadores de Bolsonaro na BR-232, no km 130.

O especialista em direito do trânsito, Alex Monteiro, disse que o condutor poderia ser autuado por colocar em risco a vida pedestre que estava em via pública, segundo o Artigo 170 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O advogado especialista em direito do trânsito, Ewerton Morais, falou que homem que dirigia também poderia ser enquadrado no Artigo 235 do CTB: "Esse artigo destaca que conduzir pessoa, carga ou animais na parte externa do veículo pode configurar infração de trânsito grave, com penalidade de multa, e cinco pontos na carteira. A multa nesse caso é de aproximadamente R$ 195 reais."

O condutor também poderia ser detido pela conduta de expor alguém ao risco iminente e pode ser detido pelo prazo de 3 meses a um ano, de acordo com o Artigo 132 do Código Penal.

Enquanto isso, o bolsonarista poderia ser punido por utilizar veículos para deliberadamente interromper ou restringir a circulação sem autorização da autoridade responsável pela via. Ele também poderia receber uma multa gravíssima, de R$ 5 mil.