Paula, do 'BBB 23', superou relação estremecida com o pai e até fez campanha política para ele

Escolhida do público para integrar o "Big Brother Brasil 23" após passar pela casa de vidro, Paula Freitas já superou na vida privada outros desafios de convivência. Um deles com o próprio pai, Paulo Sérgio. As brigas começaram quando a família passou por problemas financeiros e o perdão veio depois que a nova confinada entrou para a igreja, como ela revelou ao site oficial do programa. Nas redes sociais, Paula já mostrou que os problemas realmente ficaram no passado e já se declarou para ele algumas vezes.

"Eu te amo, sua família te ama. Deus tem cuidado de uma forma muito especial do senhor", escreveu Paula no Facebook.

Paula mostrou tanto que reestabeleceu a confiança no patriarca, que até fez campanha política para que ele se tornasse vereador em 2016 por Jacundá. Ele não foi eleito.

"A nossa Família tinha como mãe, avó e bisavó uma grande guerreira. A senhora Maria das Dores Freitas, conhecida como Dona Dôra da Cigarreira. Quem não a conhecia? Quando chegava nessa 'época' de política, ela se realizava! Colocava sua mesa e cadeira na porta da loja e por ali ficava politicando. Pedindo votos e mais votos pro seu candidato. Neste ano a sua falta aperta os nossos corações... E eu conto essa história aqui, porque ela era o pilar da nossa união em política e em qualquer outra situação que a vida mandasse... E hoje a nossa família se une pra apresentar o nosso candidato a vereador Serginho", escreveu Paula, que agradeceu seguidor por seguidor pelo apoio.