Paulo Barros confirma convite da São Clemente, mas nega ter acertado com a escola

Geraldo Ribeiro
Carnavalesco respondeu pelo desfile da Unidos da Tijuca

O carnavalesco Paulo Barros confirmou que recebeu convite para fazer o carnaval de 2021 na São Clemente, mas negou que já tenha acertado com a escola. Ele disse inclusive que ainda não se desligou da Unidos da Tijuca.

Em entrevista ao EXTRA, o presidente da agremiação da Zona Sul, Renato Almeida Gomes, o Renatinho, disse que “já fechamos 100%” com Paulo Barros. O futuro da parceria, segundo Renatinho, seria fechado numa reunião marcada para esta quarta-feira.

— Ele (Renatinho) entrou em contato comigo. Fiquei de conversar com ele, até porque eu não tomei decisão nenhuma, e ele se antecipou em dar uma declaração que não é verdadeira. — garantiu Paulo Barros.

Sobre o encontro para firmar a parceria, Barros disse que chegou a dar algumas possibilidades de datas, mas que nada havia sido confirmado entre os dois. Porém, procurado novamente, Renatinho confirmou que estaria reunido com o carnavalesco e que uma “novidade boa” seria anunciada em seguida.

—Nós ficamos de nos encontrar, mas nada ficou agendado. Eu estava inclusive em Minas, porque minha mãe está adoentada. Dei algumas possibilidades para ele, mas não firmamos horários nem nada — disse o carnavalesco.

Barros disse que a sondagem aos carnavalescos por outras escolas é comum de acontecer logo depois do carnaval. E, segundo ele, uma conversa é sempre bem-vinda.

— Isso já aconteceu outras vezes. Você sabe, é de praxe, é normal, Mas uma conversa não quer dizer absolutamente nada, porque depende de pontos a serem discutidos.

O carnavalesco disse que ainda tem vínculo com a Unidos da Tijuca e não teve pressa de marcar uma conversa com o presidente Fernando Horta sobre o assunto até porque a convivência entre os dois é boa e vem de longa data.

— Nem Eu nem a Tijuca tínhamos tomado nenhuma definição com relação ao carnaval de 2021. De qualquer maneira, oficialmente eu não tinha me desligado, como Fernando também não havia me dispensado. Eu não podia tomar uma atitude, que viesse fechar alguma coisa com outra escola sem antes comunicá-lo. Eu tenho que estar aberto a essas possibilidades (de conversar com outras agremiações), mas a questão da afirmação da escola que estaria 100% (acertada com ele) não é verdadeira.

Além da Unidos da Tijuca, em 2019 Barros organizou também o desfile da Gaviões da Fiel, em São Paulo.