Paulo Coelho e Festival de Jazz do Capão fecham parceria de financiamento

·1 minuto de leitura

A Fundação Coelho & Oiticica, do escritor Paulo Coelho e da artista plástica Christina Oiticica, fechou na tarde dessa quarta-feira o compromisso de patrocinar o Festival de Jazz do Capão, com os R$ 145 mil que o evento tentou captar pela Lei Rouanet. O evento que acontece há 10 anos na Bahia e, em oito edições, já levou para a Chapada Diamantina nomes como Ivan Lins, Naná Vasconcelos e Hermeto Pascoal, teve reprovado pela Fundação Nacional de Artres (Funarte) o pedido de captação de recursos.

Paulo tinha oferecido, na madrugada desta quarta, cobrir os gastos do festival com uma "única condição: que seja antifascista e pela democracia", em referência ao post no Facebook que foi usado como argumento para o parecer negativo dado pela Funarte. Durante a manhã e tarde, a equipe do festival e da fundação conversaram e chegaram a um acordo.

"Agradecemos o apoio da Fundação Coelho & Oiticica, especialmente a Paulo Coelho e Christina Oiticica pela sensibilidade de contribuir para a realização deste festival. Parceria confirmada!", informou a conta oficial do festival.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos