Paulo e Corinthians empatam em 0 a 0 no Morumbi

SÃO PAULO, SP - 15.02.2020: SÃO PAULO FC X CORINTHIANS - Dani Alves do Sâo Paulo FC durante partida entre São Paulo FC x Corinthians, válida pela 6ª rodada do Campeonato Paulista 2019, realizada no Estádio do Morumbi em São Paulo, SP. (Foto: Maurício Rummens /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 1873503

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - São Paulo e Corinthians ficam no 0 a 0 no Morumbi em jogo disputado neste sábado (15) e não conseguem melhorar suas classificações no Campeonato Paulista nesta 6ª rodada.

Os donos da casa chegaram aos nove pontos e à terceira colocação do grupo C (atrás de Inter de Limeira e Mirassol), enquanto os corintianos ficaram com oito pontos, um a menos que o Guarani, líder do grupo D, logo à sua frente.

O jogo começou travado, com muitas faltas e poucos lances de perigo. Aos quatro minutos, o juiz chegou a retardar uma cobrança de lateral e chamou Cássio e Hernanes -capitães dos times- para alertá-los sobre gritos homofóbicos da torcida. Após conversar com a delegada da partida, o jogo foi reiniciado.

Quando a partida esquentou, o time da casa levou mais perigo. A primeira finalização veio aos 15 minutos, em cobrança de falta de Daniel Alves defendida por Cássio.

O goleiro visitante voltaria a aparecer na etapa inicial. Aos 24 minutos, Vitor Bueno recebeu na esquerda, cortou para o meio, e finalizou bem, mas o corintiano conseguiu espalmar em um belo lance. A sobra ficou com Pablo, que finalizou novamente, mas ele estava impedido.

O alvinegro só ameaçou o rival no final do primeiro tempo. Pela direita, Vagner Love driblou Arboleda e bateu para o meio da área. Ninguém chegou para completar para o gol vazio.

Poucos minutos depois, Tiago Volpi, que até então pouco trabalhara, salvou os donos da casa. Boselli recebeu cruzamento de Fagner vindo da direita, limpou o goleiro e, cara a cara com dois defensores, apenas empurrou a bola para o gol. O goleiro, porém, conseguiu se recuperar e impediu a abertura do placar.

No segundo tempo, a dinâmica se manteve, com o São Paulo tendo mais chances, porém sem conseguir marcar. Para tentar mudar a partida, os técnicos mandaram a campo dois atletas que estrearam na competição. Pedrinho, do Corinthians, e Igor Gomes, do São Paulo, que disputavam o pré-olímpico pela Seleção Brasileira, substituíram Vagner Love e Hernanes, respectivamente.

Outro nome esperado para a partida era o são-paulino Anthony, que também estava servindo à seleção sub-23. O atacante, porém, foi vendido no meio da semana para o Ajax, da Holanda. Como ainda precisa fazer exames para consolidar a transferência, o jogador foi poupado.

Em lance de perigo, Pato recebeu de Vitor Bueno e ficou sozinho na grande área. Cara a cara com Cássio, ele bateu de primeira, mas o goleiro conseguiu resvalar na bola e evitar o gol. O juiz, porém, marcou tiro de meta.

Quase no fim da partida os goleiros precisaram trabalhar. Tiago Volpi saltou para evitar o gol de Luan em cobrança de falta colocada, em seu ângulo esquerdo pelo lado são-paulino. Pouco depois, Bruno Alves finaliza de fora da área e Cássio espalma para escanteio.

Também houve espaço para polêmica nos últimos minutos. Após avançar pela direita, Igor Gomes adentrou a área adversária e caiu após contato com Camacho. Os mandantes pediram pênalti, não marcado pelo juiz.


SÃO PAULO

Thiago Volpi; Juanfrán, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Igor Gomes); Pablo (Toró), Pato (Liziero) e Vítor Bueno. Técnico: Fernando Diniz


CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Pedro Henrique (Bruno Méndez), Gil e Lucas Piton; Camacho, Cantillo e Luan; Yoni González (Everaldo), Boselli e Vagner Love (Pedrinho). Técnico: Tiago Nunes


FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 X 0 CORINTHIANS

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Danilo Simon Manis e Neuza Inês Back

Cartões amarelos: Vitor Bueno, Daniel Alves (São Paulo); Cássio (Corinthians)