Paulo Egydio Martins, ex-governador de SP, morre aos 92

O Globo
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — O ex-governador deSão Paulo Paulo Egydio Martins (PSDB) morreu aos 92 anos nesta sexta-feira. Ainformação foi divulgada pelo governador João Doria (PSDB) em entrevistacoletiva e confirmada pela presidência estadual do partido.

Engenheiro pela UFRJ, Martinsgovernou São Paulo entre 1975 e 1979 pelo partido Aliança Renovadora Nacional(ARENA). Antes, foi Ministro do Trabalho e Ministro de Desenvolvimento,Indústria e Comércio Exterior entre 1966 e 1967, durante o governo de Humberto CasteloBranco.

Durante seu governo, inaugurou obrascomo a Rodovia dos Bandeirantes e trechos da Rodovia dos Imigrantes, além doInstituto do Coração (Incor), o Hospital Universitário da USP e a UniversidadeEstadual Paulista (UNESP).

Em nota, o presidente estadual doPSDB Marco Vinholi declarou que o partido comunica o falecimento de Martins“com profundo pesar” e que sua atuação como gestor, na década de 70,“transformou profundamente a infraestrutura do estado”.

Em entrevista coletiva sobre novas medidas relacionadas à pandemia, Doria comentou o falecimento do correligionário:

— Transmito minha solidariedade. Era meu amigo. Fiquei sentido, triste e compartilho minha solidariedade e votos de pesar — disse Doria.