Guedes explica a empresários fala sobre domésticas e diz que não teve intenção de ofender

Foto: AP Photo/Silvia Izquierdo

Em evento no Rio de Janeiro, Paulo Guedes, ministro da Economia, tentou explicar sua declaração polêmica mais recente sobre a cotação do dólar e empregadas domésticas nesta sexta-feira (14).

De acordo com presentes, Guedes afirmou, ao ser perguntado, que não teve a intenção de ofender ninguém ao dizer que “até as domésticas iam para a Disney” com o dólar baixo.

Leia também

O argumento do ministro é que, como professor, costuma dar exemplos para ilustrar suas falas, mas ressaltou que não houve intenção pejorativa ao comemorar o patamar alto do dólar. Ainda de acordo com os presentes, Guedes também fez previsões otimistas sobre os rumos econômicos do Brasil.

Além da fala sobre domésticas, Guedes também ganhou as manchetes recentemente por chamar os servidores públicos de “parasitas”.

A declaração sobre servidores públicos inclusive pode levar Guedes a ter que se explicar na Câmara dos Deputados. O deputado Professor Israel Batista (PV-DF) protocolou um requerimento para convocar o ministro à Câmara. Após repercussão negativa, Guedes se desculpou alguns dias depois.

Diante de uma plateia lotada de empresários, Guedes reforçou a necessidade de realizar as reformar para o crescimento do país. O ministro apoiou a reforma tributária, mas não mencionou a administrativa. Ele também voltou a apoiar a privatização da Eletrobras.