‘Paulo Guedes foi vencido’, diz ex-secretário da Economia

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O ministro Paulo Guedes. (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)
O ministro Paulo Guedes. (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)

Salim Mattar, ex-secretário de Desestatização e Privatização do Ministério da Economia, afirmou durante uma entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo que Paulo Guedes, ministro da economia do governo Jair Bolsonaro, “foi vencido”.

Leia também:

Ele se refere a uma suposta derrota da agenda liberal de Guedes, que previa a privatização acelerada de empresas e uma menor interferência do governo sobre as estatais.

Na semana passada, Bolsonaro anunciou a troca da presidência Petrobras após sucessivas altas nos preços de combustíveis e ameaça de crise política.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

"O ministro Guedes é resiliente, obstinado e determinado, mas não percebeu que foi vencido", disse Mattar.

Mattar saiu do governo em agosto do ano passado, afirmando que o ritmo lento das privatizações havia atrapalhado seu trabalho no posto para o qual havia sido empregado.

"Tem a Casa da Moeda, que eu tentei privatizar e o Congresso disse não por considerá-la estratégica. Mas ela é uma gráfica. O pior é que daqui três ou quatro anos vamos vender as máquinas de fazer notas e moedas a quilo em ferro velho porque não vai ter mais valor. Essas pessoas que falam que é estratégico são cegas e não conseguem entender que moeda e papel moeda vão desaparecer em pouco tempo. A China, desde maio do ano passado, só paga os servidores em moeda digital, princípio que outros países vão adotar”, disse.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube