Paulo Guedes se nega a gravar vídeo em apoio a Sergio Moro

Ex-juiz Sergio Moro queria apoio do ministro Paulo Guedes em sua campanha ao Senado. (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Ex-juiz Sergio Moro queria apoio do ministro Paulo Guedes em sua campanha ao Senado. (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
  • Paulo Guedes quer evitar indisposição com Bolsonaro e STF

  • Ex-juiz concorre a uma vaga no Senado pelo Paraná

  • Campanha de reeleição vê possibilidade de apoio de Moro no segundo turno

O ex-juiz Sergio Moro, candidato a senador pelo Paraná, pediu ao ministro Paulo Guedes, da Economia, que gravasse um vídeo de apoio à sua campanha, o que ele recusou.

Segundo o blog da jornalista Ana Flor, do portal G1, o Planalto viu o pedido como uma possível sinalização de que o ex-ministro da Justiça pudesse apoiar a reeleição de Jair Bolsonaro (PL) em um eventual segundo turno. Ainda assim, Guedes recusou o convite, para não se indispor com o presidente e com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Moro saiu do governo, depois de ser um grande aliado de Bolsonaro, acusando o presidente de interferir na Polícia Federal - acusação que é investigada pelo STF.

Ainda assim, a campanha de reeleição vê Moro como um aliado, capaz de movimentar votos a favor de Bolsonaro em um segundo turno contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Isso porque ele se tornou a voz da Lava Jato nas eleições, e pode influenciar apoiadores da investigação.