Paulo Sousa é o novo treinador do Flamengo, diz jornal português

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O jornal Record publicou neste domingo que o treinador da Polônia será o novo técnico do Flamengo.

Paulo Sousa, de 51 anos, que estaria numa lista de possíveis treinadores para o Flamengo ao lado de Carlos Carvalhal, Rui Vitória, Paulo Fonseca e Vitor Pereira, também era sondado pelo Internacional.

Leia também:

Paulo Sousa foi o primeiro treinador ouvido pessoalmente em Portugal, pelos dirigentes do Flamengo. Na ocasião, ele teria reiterado interesse em deixar a seleção polonesa para trabalhar no Brasil.

O ex-volante se aventurou muito no futebol, tanto como jogador, quanto como técnico. Seus principais títulos da carreira fora dos gramados vieram em dois cenários alternativos: em Israel e na Suíça.

Sousa começou a treinar nas categorias de base da seleção portuguesa e rumou ao futebol inglês: rodou por Queens Park Rangers, Swansea e Leicester, sem muito sucesso e com baixo aproveitamento. Mas o cenário mudou no Videoton, da Hungria, em passagem vitoriosa, que se sucedeu depois por conquistas da liga nacional em Israel, pelo Maccabi Tel Aviv e na Suíça, pelo Basel.

Itinerante do futebol, Sousa começou a ganhar mais chances nos principais cenários europeus. O melhor momento da carreira nas grandes ligas foi seu início na Fiorentina, em 2015.

Em 2019, Paulo Sousa falou ao site português "Tribuna Expresso" e destacou que considera dois jogadores essenciais para o seu modelo de jogo:

— Sou um romântico, gosto que as minhas equipes sejam muito poéticas. Há dois jogadores determinantes numa primeira fase de construção: o goleiro e o primeiro volante. Esse volante é realmente um jogador fundamental.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos