Paulo Sousa x Jorge Jesus: compare os números dos treinadores e veja quem se sai melhor

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jorge Jesus
    Treinador e ex-futebolista português

O Flamengo fez um giro pela Europa em busca do novo comandante e de lá vai trazer o português Paulo Sousa. Inegavelmente, as comparações com o compatriota idolatrado pelos rubro-negros, Jorge Jesus, já estão em curso. Pelo aproveitamento recente, o técnico campeão da Libertadores, pelo visto, continuará sendo o amor platônico da torcida.

Nas últimas temporadas, contando a partir de 2015/2016, o aproveitamento de Jesus é muito superior ao de Paulo Sousa: 72% contra 48%. Ambos comandaram quatro equipes nesse período, mas Jesus esteve à frente de muito mais jogos em relação a Sousa, que interrompeu alguns trabalhos, como no Bordeaux, no ano passado, por discordar da metodologia do clube francês. Além disso, como técnico da Polônia, ele só esteve na beira do campo 15 vezes este ano.

O aproveitamento superior de Jorge Jesus se reflete nas conquistas. O último título de Paulo Sousa, por exemplo, foi na temporada 2014/2015 quando comandava o Basel pela Super Liga Suíça. Jesus, por outro lado, levantou oito troféus, sendo cinco somente pelo Flamengo.

O Flamengo e o Al Hilal, inclusive, elevaram o aproveitamento de Jesus, com 81% e 84%, respectivamente. A melhor perfomance de Paulo Sousa nesses últimos anos foi no comando da Fiorentina, entre 2015 e 2017, com 54% de aproveitamento dos pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos