Paulo Vieira cita fala de Dilma: 'deixei o palácio dizendo nós voltaremos e eu sinto que hoje estamos voltando'

Paulo Vieira usou seu perfil no Twitter na noite deste domingo para relatar uma conversa que teria tido com a ex-presidente Dilma Rousseff após vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial.

"Perguntei pra @dilmabr o que ela tava sentindo. Ela me respondeu com os olhos cheios d’água: 'Eu estou lembrando do dia do golpe. Eu deixei o palácio dizendo NÓS VOLTAREMOS e eu sinto que hoje estamos voltando'", afirmou Paulo na postagem. "Sim. NÓS VOLTAMOS", completou.

Num vídeo publicado por André Janones, Dilma é vista pulando em comemoração.

Outras imagens mostram Lula e Dilma trocando um abraço.

Vinte anos depois de sua primeira eleição, e doze de encerrar seu segundo mandato, Lula foi eleito neste domingo presidente do Brasil. Com 50,83% dos votos válidos apurados até às19h57, o ex-torneiro mecânico, de 77 anos, que há duas décadas se tornou o primeiro operário a governar o país, voltará ao Palácio do Planalto em um novo capítulo de uma trajetória singular na política brasileira. A disputa foi tão apertada que o anúncio da sua eleição só foi dado com 98,77% das urnas apuradas.

Depois de deixar a Presidência com 87% de aprovação (2010), o petista viu sua sucessora, Dilma Rousseff (PT), sofrer um processo de impeachment (2016); ficou preso por 580 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro (2018-2019); teve as condenações anuladas por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF); e, 1.087 dias depois de deixar a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, torna-se o primeiro brasileiro da História a ser eleito três vezes para o principal cargo do Executivo.