Paulo Vieira expõe ataques racistas que vem recebendo nas redes: 'Reação ao poder incontestável do humor'

O humorista Paulo Vieira usou o Twitter para desabafar sobre comentários racistas que está recebendo nas redes sociais. Segundo o comediante, ele recebe centenas de mensagens com ameaças, xingamentos e até sua família e sua equipe são alvos de ligações. Apesar dos ataques, Paulo disse que estava bem.

"Eu estou bem, tá? Sei que isso é só reação ao poder incontestável do humor. Tô forte e cada vez mais certo do meu papel".

O comediante tem recebido, inclusive, ameaças de morte. Em entrevistas recentes, ele contou que as mensagens se intensificaram com seu apoio a Lula nas eleições e que, desde então, têm piorado muito. Paulo é o apresentador do evento da posse do presidente no próximo domingo em Brasília.

"É claro que a extrema direita fascista não aceita piadas, eles não aceitam nem o resultado das eleições", comentou no Twitter esta semana.

Desde o dia que o especial "Melhores do ano" no Domingão com Huck foi ao ar, ele também vem sido atacado por conta das piadas que fez. O humorista tem comentado a situação na rede social.

"Não há dúvidas: a extrema direita está terrivelmente apaixonada por mim. Tem três dias que só falam meu nome, me chamam, me ligam…", disse ele num post no dia 27 de dezembro.