Paulo Vilhena revela que passou meses afastado da namorada por uso de estimulantes

Paulo Vilhena e Maria Luiza (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)
Paulo Vilhena e Maria Luiza (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)

Juntos há mais de dois anos na época, Maria Luiza e Paulo Vilhena terminaram o namoro em novembro de 2021 e, cerca de seis meses depois, se reconciliaram. Agora, durante uma entrevista a Danilo Gentilli, o casal deu mais detalhes sobre a separação e o motivo surpreendeu o público.

Isso porque ela compartilhou que o uso de medicamentos estimulantes prejudicou a relação e sua vida como um todo. “Tomei [esses remédios] durante seis anos. Comecei aos 20. Depois desse período, tomando todos os dias, me deu problema", disse.

"Meu cérebro começou a pedir socorro. Tive crises dissociativas, ao ponto de não saber onde eu estava. Passei por uma situação dessa com o Paulo. Por isso a gente ficou separado por seis meses. Eu me cuidei e aí a gente voltou”, completou Maria Luiza.

Em seguida, Paulo elogiou a namorada por conseguir superar um momento tão difícil como esse. "Queria dizer que você é uma mulher muito especial, muito forte, e eu amo você. Admiro demais a sua força e a sua coragem", derreteu-se.