Pazuello afirma que variante do coronavírus de Manaus é três vezes mais contagiosa

NATÁLIA CANCIAN E RENATO MACHADO
·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 07-01-2021 - O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 07-01-2021 - O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse em audiência com senadores nesta quinta-feira (11) que informações obtidas pela pasta após análises apontam que a variante do coronavírus encontrada em Manaus é três vezes mais contagiosa.

"Comprovamos em Manaus uma nova variante do vírus que e espalha pelo país, uma variante mais contagiosa. Graças a Deus tivemos a notícia clara de que as vacinas têm validade com essa variante ainda. É um trabalho que estávamos esperando chegar da análise do material colhido, mas ela é mais contagiosa, na nossa análise três vezes mais contagiosa", afirmou.

Ele não informou, porém, como foi feita essa análise nem quais vacinas teriam validade para a nova variante. A reportagem questionou o Ministério da Saúde, mas ainda não recebeu resposta.

Conhecida como P.1., a nova variante foi identificada no início de janeiro pelo Japão em turistas que vieram de Manaus.

Recentemente, análises feitas pela Fiocruz Amazônia apontam que ela já corresponde por 90% dos casos de Covid no estado.

Além do Amazonas, a variante também já foi encontrada em amostras de pacientes analisadas em São Paulo e no Pará --neste último, a variante também foi encontrada em um paciente que não tinha viajado ao estado, enquanto os outros casos eram de pessoas que tinham voltado de Manaus.

No fim de janeiro, o ministro informou que foram enviadas amostras, por meio da Fiocruz, de casos com a nova variante em Manaus para análise na Universidade de Oxford. O Instituto Butantan também já informou que a vacina Coronavac será testada contra a nova variante, mas os resultados ainda não foram divulgados.

As declarações do ministro sobre a variante ocorreram em sessão do Senado, convocada para que o ministro preste esclarecimentos sobre as ações de combate à pandemia. Pazuello é alvo de um inquérito que investiga se houve omissão da pasta nas ações para evitar o colapso de oxigênio em Manaus.