PDT admite conversa com Lula, mas não abrirá mão do nome de Ciro

Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
  • PDT admite conversa com Lula, mas não abrirá mão do nome de Ciro

  • Informação foi revelada ao jornal O Globo

  • Carlos Lupi, presidente do PDT, resiste a um encontro com o petista para não ser "seduzido"

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que o partido tem dialogado com o PT, mas negou qualquer chance de a legenda abrir mão da candidatura de Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República nas eleições que acontecerão em outubro deste ano. A informação foi revelada ao jornal O Globo e divulgada nesta segunda-feira (9).

Lupi confirmou que conversou por telefone algumas vezes com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Não rechaço um encontro. Mas Lula é elegante, ele respeita a candidatura de Ciro”, disse ele ao O Globo. O presidente nacional do PDT foi ministro do Trabalho no governo de Dilma Roussef (PT).

Ainda de acordo com o jornal, a interlocutores, Lupi diz que resiste a um encontro com o petista para não ser "seduzido".

Lula será o candidato do Partidos dos Trabalhadores à Presidência da República, e Geraldo Alckmin (PSB) será o vice. A confirmação aconteceu na manhã de sábado (7), na Zona Norte de São Paulo, em um pavilhão de eventos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos