Pedófilo que tinha 'quarto da Disney' para estuprar menores é preso em Niterói

·1 min de leitura

RIO — Um engenheiro de 63 anos foi preso, nesta quarta-feira, em Niterói, na Região Metropolitana, acusado de estupro. Em uma das residências do criminoso, policiais civis da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) localizaram um cômodo denominado "quarto da Disney", em razão dos vários personagens, brinquedos e outros adornos que serviam para atrair as possíveis vítimas. Segundo a polícia, era neste quarto que os abusos ocorriam.

Uma das vítimas identificadas foi estuprada dos 13 aos 14 anos. O engenheiro admitiu os atos sexuais, mas alegou que seria apaixonado pelo menor e que os atos seriam consensuais. Ainda segundo ele, os abusos teriam ocorrido em diversas viagens feitas no exterior.

Contra o criminoso, foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e um de busca e apreensão. Ao final das buscas, foram arrecadados diversos equipamentos eletrônicos, que serão analisados pela perícia em busca de outras provas e possível identificação de mais vítimas. Dezenas de brinquedos importados também foram apreendidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos