Pedri renova contrato com a maior multa da história do Barcelona: 1 bilhão de euros

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Em meio à crise financeira, a gestão do Barcelona vinha focando nas renovações de contrato de suas joias Pedri e Ansu Fati. Nesta quinta-feira, um dos objetivos foi cumprido: o meia Pedri renovou com o clube em contrato com a multa rescisões mais alta da história dos blaugranas: 1 bilhão de euros (cerca de 6,38 bilhões de reais).

O espanhol, que disputou a Euro e os Jogos de Tóquio pela seleção, assinou até 2026 com o clube. O jovem de 18 anos é uma das esperanças dos culés para o futuro, revelado no base do Barcelona, a famosa "La Masia".

O jovem fez sua estreia em setembro de 2020 e acumula 56 jogos com a camisa azul-grená. O site do Barcelona destaca os recordes alcançados pelo jovem: segundo mais jovem da história do clube a alcançar 50 partidas, quarto mais jovem a marcar um gol em La Liga pelo Barça e mais jovem jogador a atuar pela seleção da Espanha em uma Eurocopa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos