Pedro e Éverton Ribeiro não devem mais atuar pelo Flamengo até se apresentarem à seleção

Primeiro Arrascaeta, agora Pedro e Éverton Ribeiro. A dupla do Flamengo convocada para a Copa do Mundo não deve mais atuar nos dois jogos restantes do clube (Juventude e Avaí) até a apresentação em Turim, na Itália, na segunda-feira, para os treinos com a seleção brasileira antes da viagem ao Catar.

Com isso, ligaram o alerta na comissão técnica de Tite para que não fiquem inativos por tanto tempo. A última vez que Ribeiro entrou em campo foi no dia 2 de novembro, contra o Corinthians. Já Pedro pode ficar mais de duas semanas sem jogar. Seu último jogo foi a final da Libertadores, dia 29.

A situação contrasta com a dos atletas que atuam na Europa, que terão rodada até o fim de semana. Por isso, a orientação é que os jogadores que atuam no Brasil sigam pelo menos treinando, seja no clube ou em suas casas.

Questionado sobre a diferenciação, o preparador físico Fábio Maradishjean lembrou que jogadores pré-convocados também precisam ficar em atividade o máximo que puderem para evitar perder condicionamento físico caso antecipem suas férias.

- Alguns vão estar de férias. Vamos discutir com a comissão técnica e ligar para um ou outro para que não fiquem parados, porque uma semana a dez dias de inatividade perde completamente o condicionamento físico. Não pode ficar parada essa semana - avisou, falando de Pedro.

- Pedro não está de férias, está treinando. Está jogando. Mas isso passa pela supervisão do clube. Não queremos ter essa ingerência, a gente respeita os clubes - completou o profissional da seleção.

Flamengo e seleção brasileira trocam informações constantemente em relação aos jogadores. Normalmente o fisiologista Guilherme Passos recebe e envia relatórios constantes antes e após as convocações.

O departamento do Flamengo faz o mesmo com o GPS de cada atleta, a intensidade e os tipos de treinos, para que a carga seja avaliada para a sequência do trabalho. A situação se repetirá após a convocação para que Pedro e Ribeiro façam o trabalho individualizado quando se apresentarem à seleção.