Pedro Pascal, de 'The last of us', fugiu de ditadura no Chile; saiba mais curiosidades sobre o ator

Estrela de "The last of us", que estreou no último domingo na HBO ocupando o posto de melhor estreia de série do canal depois de "Game of thrones", Pedro Pascal já é um ator consagrado em Hollywood, mas tem visto seu nome ganhar ainda mais notoriedade com a adaptação do videogame homônimo para a TV.

Imigrante chileno, de 47 anos, o intérprete de Joel tem no currículo as séries "Narcos", "Game of thrones", "The Mandalorian".

Game para TV: Beirando os 40 milhões de cópias vendidas, ‘The last of us’ vira série promissora

Crítica: 'The last of us' é uma obra tensa, fiel e um soco no estômago

Listamos abaixo algumas curiosidades sobre o astro.

Família exilada

José Pedro Balmaceda Pascal nasceu em Santiago do Chile no dia 2 de abril de 1975. Sua mãe, prima de Andrés Pascal Allende, parente do presidente Salvador Allende, deposto e morto no golpe militar de Augusto Pinochet, foi considerada inimiga do regime ditatorial. Por isso, quando ele tinha 9 meses de idade, seus pais precisaram sair do país.

"O primo da minha mãe foi oposição ao regime militar, mas havia um grande distanciamento entre ele e meus pais. Ainda assim, ajudar algumas pessoas a se esconderem os colocou em apuros", disse Pedro à revista "Time", em 2017. "Eventualmente, eles chegaram à embaixada venezuelana e pediram asilo. Fomos enviados para a Dinamarca e depois para os Estados Unidos. Minha irmã e eu nascemos no Chile e fomos criados nos Estados Unidos, e meus irmãos mais novos nasceram nos Estados Unidos e foram criados no Chile depois que meus pais voltaram em 1995.”

Irmã famosa

A família Pascal tem outra pessoa famosa: Lux Pascal, irmã de Pedro, também atriz e ativista transgênero. Em fevereiro de 2021, ela falou sobre o processo de se reconhecer como uma mulher trans e sobre o apoio do irmão, com quem chegou a trabalhar em "Narcos", em 2015, creditada como Lucas Balmacena. ""Ele também é um artista e serviu de guia para mim. Ele foi uma das primeiras pessoas a me presentear com as ferramentas que começaram a moldar minha identidade".

No escuro

Antes de ser chamado para "The Last of us", Pedro nunca tinha o ouvido falar no jogo homônimo, um fenômeno no mundo dos games. E a produção foi bem clara: então, não jogue.

"Eu os ignorei. Eu tentei jogar, e eu era muito, muito ruim, mas meu sobrinho era fantástico", disse ele à revista "The Wired".

Best friend

Pedro é superamigo de Oscar Isaac, outro ator de muito sucesso atual, que ele conheceu em 2005, durante uma peça de teatro off-Broadway. Depois, trabalharam juntos no filme "Operação fronteira", em 2019.

"Temos origens muito semelhantes", disse Pascal à revista "Insider". "Somos ambos filhos de imigrantes latinos, então há uma espécie de familiaridade cultural, e somos atores. Temos os mesmos sonhos. É algo muito especial porque pode ser uma jornada solitária".

Outra grande amiga de Pedro é a atriz Sarah Paulson: "seu trabalho é minha medida", escreveu ele, uma vez, no Instagram.

Buffy

Em 1999, quando ainda usava o nome Pedro Balmaceda, ele fez uma participação num episódio de "Buffy: a caça-vampiros", série de sucesso aqui no Brasil.