Peixe estranho associado a lenda de atrair tsunami é capturado no Chile

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um peixe estranho de seis metros que os populares associam à crença da chegada de tsunami, terremoto ou ciclone foi capturado na costa de Arica, no Chile, na manhã de segunda-feira (11), segundo o La Nación. O animal, chamado de peixe-remo, é incomum na região.

Segundo o IFOP (Instituto de Desenvolvimento Pesqueiro), o animal pertence a uma classe de peixes com ossos grandes e costumam viver entre 200 a 500 metros de profundidade, mas já foram encontrados a 1000 metros.

O pesquisador do IFOP Gonzalo Muñoz disse ao Emol que esses peixes têm bocas salientes e pequenas, barbatana dorsal avermelhada e uma pele viscosa de cor prateada sem escamas.

Segundo o La Nación, o peixe está associado a uma lenda popular japonesa que diz que ele vivia nas profundezas de uma ilha no Japão e quando subia a superfície causava terremotos. Ele também era chamado de "mensageiro" do palácio do deus do mar.

O mito ressurgiu em 2011 após o tsunami na ilha de Honshu, na costa do Pacífico, já que antes dessa catástrofe, peixes-remo não eram avistados na costa.

A ciência ainda não confirmou essas crenças populares e os pesquisadores do IFOP coletaram amostras do peixe para analisar o porquê dele ter aparecido na costa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos