1 / 4

Peixinho ornalmental tem mordida indolor que age como heroína

Foto: Flickr/ harum.koh

Peixinho ornalmental tem mordida indolor que age como heroína

Bonitinho, mas perigoso. Essa pode ser a definição do fang blenny, peixinho ornamental de corais do Oceano Índico. Isso porque sua mordida, que é indolor, tem uma ação parecida com a heroína e que afeta seus predadores.

Os cientistas acabaram de descobrir que a mordida do fang blenny possui opioides, composto similar ao presente na heroína, que causa uma queda na pressão sanguínea e deixa o oponente inerte. Assim, o bonito peixinho consegue se livrar de ser comido.

O que instigava os cientistas é o motivo de uma mordida indolor conseguir salvá-lo. A partir de observações desde a década de 70, os pesquisadores perceberam que peixes maiores prendem o fang blenny na boca, mas logo em seguida passam a tremer. Depois de segundos, o peixinho ornalmental sai nadando, tranquilamente.

A pesquisa foi realizada por estudiosos da Liverpool School of Tropical Medicine, no Reino Unido, e da Universidade de Queensland, na Austrália. O trabalho foi publicado na revista especializada Cuttent Biology.

O cientista Nicholas Casewell, que participou do estudo, afirma que é mais comum na natureza encontrar animais com mordidas doloridas e eficazes contra os predadores. Mas o fang blenny tem outra forma de usar a toxina. “Isso [o veneparece causar nos predadores uma perda de coordenação, permitindo que o blenny fuja”, completa Casewell.