Morreu "o rei" do futebol, Pelé batia-se contra um cancro do cólon

Morreu "o rei" do futebol, Pelé batia-se contra um cancro do cólon

Morreu Pelé nome lendário do futebol brasileiro e mundial. "O Rei", como era conhecido, estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, há um mês para tratamento de um cancro no cólon e o seu estado de saúde tinha-se agravado nos últimos dias. De tal forma que a família foi chamada e se juntou para apoiá-lo. Pelé tinha 82 anos feitos a 23 de outubro.

As primeiras reações à morte do grande craque brasileiro

O Clube que representou no Brasil, numa longa carreira de 1956 a 1974, o seu clube de sempre, ofereceu-lhe uma coroa dourada, em fundo negro, nas redes sociais. Poucas palavras: "Eterno." mas com um grande simbolismo.

O antigo internacional brasileiro, tricampeão mundial com a seleção canarinha, foi também homenageado pela Federação Brasileira de Futebol. Três coroas para aquele que morre, fisicamente, mas que nunca morrerá, como o demonstra o símbolo no infinito, colocado ao lado da sua data de nascimento nesta foto de Pelé.

Na conta oficial da liga inglesa lia-se: "Entristece-nos profundamente saber da morte de Pelé, um futebolista extraordinariamente dotado que transcendeu o nosso desporto e inspirou milhões ao longo da sua notável carreira".

Na página no Twitter do antigo futebolista uma mensagem de amor.

Já o Chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, numa nota divulgada na página oficial da Presidência, lamentava a morte do craque e apresentava condolências "a todos os que choram a partida de uma lenda", em particular aos familiares e amigos de Pelé, mas também ao povo brasileiro.