Pelé reúne astros do esporte e da arte para leilão de caridade

·2 minuto de leitura
Pelé durante evento em Paris

Por Andrew Downie

LONDRES (Reuters) - Quer uma camisa da seleção brasileira de Pelé? Uma camisa da seleção neozelandesa de rúgbi autografada por Dan Carter? Uma foto do New York Yankees autografada por Derek Jeter? A camisa que David Beckham usou no Milan?

Estes itens, e ainda outros de Cristiano Ronaldo e Kylian Mbappé, estão entre os 229 que serão postos à venda no mês que vem em um leilão organizado por Pelé para a fundação que ele criou em 2018 para ajudar crianças desfavorecidas.

O brasileiro, o único jogador de futebol a conquistar três Copas do Mundo e considerado com frequência como o maior de todos os tempos, disse que todo o dinheiro arrecadado ajudará o Brasil a enfrentar e se recuperar da pandemia de Covid-19.

Até agora, 575 mil pessoas morreram de Covid-19 no país, o que o coloca atrás somente dos Estados Unidos em número de mortes causadas pela doença.

"Pelé é uma lenda, é um ícone, e outros esportes se inspiram em Pelé", disse Martin Nolan, diretor-executivo e presidente-executivo da Julien’s Auctions, sediada na cidade norte-americana de Beverly Hills, à Reuters.

"Por estar em casa em sua bolha, ele teve tempo para se concentrar neste projeto."

Pelé fornecerá alguns de seus próprios itens para o leilão de 22 de setembro, mas também cobrou favores de amigos dos mundos do esporte e do entretenimento.

Há camisas do Brasil, do Santos e do New York Cosmos e fotos autografadas do ex-jogador de 80 anos, e outras assinadas por ex-colegas de seleção como Rivellino, Jairzinho e Clodoaldo.

Mario Zagallo, técnico da reverenciada seleção que conquistou a Copa do Mundo de 1970 que fez 90 anos neste mês, também colaborou, assim como Neymar, Roberto Baggio e Roger Milla.

Também campeão mundial, Franz Beckenbauer autografou várias fotos de seus dias no New York Cosmos e na Alemanha Ocidental, e ainda haverá uma bola da final da Liga dos Campeões de 2015 e camisas e equipamentos usados no basquete, no futebol americano, no hóquei e no pólo aquático à espera de lances.

Um dos itens que deve alcançar um preço alto é um molde de bronze banhado a ouro do pé de Pelé criado pelo escultor célebre Dante Mortet.

Saindo da esfera do futebol, Justin Timberlake, Maria Sharapova, Mark Wahlberg e a NBA também doaram itens.

"Tudo do Pelé as pessoas vão querer, mas você menciona Ronaldo, você menciona Mbappé, estes ícones serão procurados", disse Nolan a respeito dos atacantes de Portugal e da França.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos