Pelé será homenageado no réveillon de Copacabana

Pelé será homenageado no réveillon de Copacabana. O rei será lembrado em um vídeo a ser exibido nos telões logo após o encerramento do show de Alexandre Pires e antes do vídeo com a contagem regressiva para a queima de fogos. As informações foram adiantadas pelo presidente da Riotur, Ronnie Aguiar, e o produtor Abel Gomes.

— Estamos conversando com a empresa que detém os direitos de imagem de Pelé para liberar as imagens — explicou Ronnie.

Abel detalhou como seria essa homenagem:

— Será algo para cima. Com imagens que marcaram a história de Pelé, bem para cima — disse Abel.

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, morreu nesta quinta-feira, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele estava internado na unidade há 30 dias e seguia um longo tratamento contra um câncer no cólon. Ele deixa sua companheira Márcia e seis filhos.

O prefeito Eduardo Paes acrescentou que Pelé não podia ficar de fora da agenda da virada do ano:

— Pedi ao Abel e ao Ronnie para fazerem algo. O cara, na maneira que ele jogava, na prática inventou o futebol. O mundo inteiro reconheceu a importância dele hoje nas manchetes dos jornais. Estivemos juntos em Copenhague (2009), quando o Rio foi escolhido como sede da Olimpíada (2016). A presença dele no palco foi essencial para a vitória da cidade — disse.

A declaração do prefeito foi dada durante uma vistoria na tarde desta sexta-feira ao palco que está em fase de finalização em frente ao Copacabana Palace. Paes disse que a cidade está pronta para o evento:

— Ano passado tivemos fogos, mas não shows por causa da pandemia. O apelo era não viessem para Copacabana. Este ano, é que venham, tragam a família, os filhos. Mas usem o transporte público — disse.

— O réveillon será seguro. As equipes da Secretaria de Ordem Pública (Seop) estão atuando e a PM montou um esquema especial de policiamento — destacou o prefeito.

O rei do futebol também será homenageado em outro momento da festa. A bateria da Grande Rio, que se apresentará no palco em frente ao Copacabana Palace, vai tocar um samba de 2016 em que a escola teve a cidade de Santos como enredo. ''O atleta consagrado, Majestade é o nosso Rei Pelé", diz um trecho da letra.

— Estamos definindo o repertório. Além de Pelé, faremos uma homenagem a Zeca Pagodinho que será nosso enredo de 2023. Como ele se apresenta antes da gente, a ideia é comvidá-lo para cantar o samba — disse Mestre Fafá.

Fafá já tocou em Copacabana, mas como ritmista.

— A gente está com uma expectativa muito grande depois de dois anos sem shows na virada por causa da pandemia. O astral e a energia daqui são demais — disse o mestre.

O produtor disse não acreditar em chuva na hora da virada e sim até no aparecimento da lua no céu. O motivo: chamou a médium Adelaide Scritoi, que diz incorporar o cacique Cobra Coral, para atuar no evento.

A última vez que Adelaide participou da festa foi em 2019, antes da pandemia.

— Na verdade, ela já está atuando. Hoje está chovendo, mas tivemos dias maravilhosos de sol antes disso, o que ajudou na montagem das estruturas — disse Abel.

Na véspera do réveillon, fiscais da Secretaria de Ordem Pública apreenderam facas com ambulantes e um freezer que estava semienterrado na areia. A pasta tem feito ações de fiscalização no bairro desde o início da semana. No sábado, nos pontos de bloqueio à Copacabana, agentes vão fiscalizar ambulantes para tentar evitar a entrada de produtos no bairro. Além disso, haverá operações de repressão a vans e ônibus clandestinos.

— Hoje à noite faremos a operação Tatui para identificar mercadorias enterradas. Acampar na praia também está proibido. Faremos operações para desmobilizá-los — disse o secretário da Seop, Brenno Carnevale.