Pelé: um guia de filmes, livros e museus para conhecer a história do Rei do Futebol

A história de Pelé já foi contada e recontada de diversas formas em produções do audiovisual, da literatura e em museus espalhados pelo mundo. É possível assistir a gols antológicos, ler detalhes da vida de Edson Arantes do Nascimento e ver documentos oficiais históricos.

Adeus, Pelé: acompanhe ao vivo o velório do Rei

É uma forma de manter vivo todo o legado do Rei do Futebol, que faleceu no último dia 29 de dezembro, para as atuais e futuras gerações.

Confira um guia com a vida e obra de Pelé

Audiovisual

"Isto é Pelé" (1974) Produzido pela Rede Globo e dirigido por Eduardo Escorel e Luiz Carlos Barreto, o documentário acompanha o atleta em campo e fora dele, e ainda utiliza imagens de arquivo do Canal 100 e das Copas do Mundo das quais Pelé participou. No Globoplay

Pelé Eterno (2004) Neste documentário, dirigido por Aníbal Massaini Neto, familiares, amigos e colegas de profissão dão depoimentos sobre a vida e carreira de Pelé. Mais de 300 gols do camisa 10 também são reproduzidos no filme. No Globoplay

Pelé: O Nascimento de Uma Lenda (2016) O longa de Jeff Zimbalist e Michael Zimbalis traz a performance do camisa 10 que fez o Brasil campeão da Copa do Mundo de 1958, na Suécia. No Globoplay

Pelé - A Origem (2019) O filme de Luiz Felipe Moura segue a história do pequeno Edson, que tem o sonho de superar os limites impostos pelo racismo e se tornar um grande craque do futebol. O longa conta com depoimentos reais de Pelé. Na Amazon Prime

Pelé (2021) O documentário dirigido por Ben Nicholas e David Tryhorn celebra o período de 12 anos em que Pelé ganhou três Copas do Mundo, quando passou de jovem craque para ídolo mundial. Na Netflix

Livros

Pelé - O Atleta do Século (2000), de Sergio Xavier Filho Biografia de Pelé ilustrada com fotos coloridas e em preto e branco.

Pelé - A autobiografia (2006) No livro, Pelé conta suas angústias, inseguranças e erros, as brigas com João Havelange e o centroavante Ronaldo, os casos extraconjugais que lhe deram filhos só reconhecidos mais tarde, nem foge da maior dor que já sentiu na vida – a prisão de seu filho Edinho por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas.

Pelé: Estrela negra em campos verdes (2007), de Angélica Basthi O livro conta as glórias e as histórias humanas do menino negro de Três Corações (MG) que se transformou numa estrela negra.

Pelé 70 (2010), vários autores Obra bilíngue em homenagem aos 70 anos de Pelé.

As joias do Rei Pelé (2013), de Celso de Campos Jr. O livro traz imagens de cerca de cento e cinquenta das relíquias de Pelé e suas histórias. Há troféus, medalhas, condecorações, cetros e coroas, além de um velho rádio, uma rudimentar caixa de engraxate, uma enferrujada e solitária moeda.

Pelé - A importância do futebol (2014), de Pelé e Brian Winter O livro descreve as mudanças do esporte vistas e vividas pelo Rei do Futebol. "Falo de como o futebol ajudou a fazer do mundo um lugar um pouco melhor, unindo comunidades e dando a crianças carentes, como eu mesmo, um objetivo na vida e um sentimento de orgulho".

De casaca e chuteira – A Era dos Grandes Dribles na Política, Cultura e História (2020), de Silvestre Gorgulho O livro é uma homenagem aos 80 anos de Pelé, e traz diversos fatos, histórias e documentos que contam a vida do camisa 10 e estabelece relação entre a trajetória de Pelé e outros gigantes de outras áreas, como o presidente Jucelino Kubitschek na política, no final dos anos 50.

Museus

Museu Pelé (Santos) Em 2014 foi inaugurado o Museu Pelé no Casarão do Valongo, erguido em 1867 no centro histórico de Santos. O museu abriga um vasto acervo com tudo o que se pode imaginar relativo ao Atleta do Século XX. Na ala onde fica a exposição permanente, o visitante é apresentado a uma linha do tempo, que apresenta toda a história de Pelé, com seu nascimento em Três Corações, sua infância em Bauru e sua chegada ao litoral paulista.

Museu do Futebol (Pacaembu) O estádio do Pacaembu foi um dos palcos principais de Pelé e o Museu do Futebol, que fica no complexo esportivo, também guarda um pouco da história do Rei. O vastíssimo acervo conta com centenas de fotos e vídeos de Pelé, em todos os estágios de sua carreira. Lá está um dos maiores tesouros da coleção: a camisa amarela da seleção brasileira usada por Pelé na final do Mundial de 1970. Há ainda a sala Pelé e Garrincha que, como o nome já diz, tem os ex-astros de Santos e Botafogo, respectivamente, como objeto principal. O espaço conta com duas estruturas metálicas de formato circular com fotografias, vídeos e frases em leds que vão circulando as imagens na parte superior e inferior da estrutura. Uma delas é dedicada a Pelé, com 16 fotos e 12 minutos de vídeo.

Museu Terra do Rei (Três Corações) Instalado no antigo fórum da cidade, o museu tem um grande acervo de fotos, vídeos, reportagens e objetos, como camisas, relativos a vida e obra do mais famoso dos tricordianos.

National Football Museum (Manchester) Entre preciosidades do acervo, como as regras originais do jogo às catracas do antigo estádio de Wembley, o museu exibe relíquias do Rei do Futebol. A camisa usada por Pelé em sua estreia em Copas do Mundo é um dos itens de destaque no primeiro piso do museu. Quem entra dá logo de cara com a camisa amarela usada na partida contra a União Soviética no Mundial de 1958, que inaugurou também a mística do número 10 no futebol.

Qatar Olympic and Sport Museum (Doha) A bola do milésimo gol de Pelé está em exposição no novíssimo museu no país que recebeu a última Copa do Mundo. A bola ainda preserva a assinatura do Rei do Futebol ao lado do número 1.000, é um dos destaques da galeria Hall of Athletes, uma das mais importantes do museu.