Pelé e os filhos: Quem são os herdeiros do Rei do futebol

Pelé e o filho Edinho
Pelé e o filho Edinho

Foram as filhas de Pelé que atualizaram sobre as questões de saúde do Rei em seus últimos dias, sempre mostrando atualizações por meio das redes sociais. Ele se casou em três oportunidades e teve cinco filhos vindo dos dois primeiros matrimônios, com as companheiras Rosemeri dos Reis Cholbi e Assíria Nascimento.

Pelé era casado com Márcia Aoki desde 2016, mas não tiveram filhos. Além dos cinco filhos reconhecidos, o Rei também teve duas filhas fora dos matrimônios, às quais tiveram de travar batalhas judiciais para que fossem vistas como descendentes do ex-jogador.

ADEUS AO REI DO FUTEBOL:

Com Rosemeri, Pelé foi pai de Kelly Cristina (1967), Jennifer (1978) e o ex-jogador Edinho (1970). Kelly e Jennifer acompanham o Rei no hospital. Edinho está treinando o Londrina, mas garantiu estar sempre em contato com as irmãs para saber mais informações.

Do relacionamento com Assíria, Pelé teve gêmeos: Joshua e Celeste, nascidos em 1996. Os mais novos mantém uma vida mais discreta e se dividem entre o Brasil e os Estados Unidos.

Já fora do casamento, Pelé foi pai de Sandra Regina Machado (1964-2006), fruto de uma traição do Rei à Rosemeri com a empregada doméstica Anísia Machado. O Rei nunca quis reconhecê-la e foram longos anos de disputa no tribunal até que isso acontecesse. Apesar disso, a relação entre os dois nunca se estreitou. Sandra faleceu de câncer.

A outra filha é Flávia Kurtz, igualmente fruto de um caso extraconjugal à época da relação com Rosemeri, com a jornalista Lenita Kurtz. Flávia foi reconhecida pelo Rei e conseguiu construir uma relação com ele.

Ela é representante dele no Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe e se formou em fisioterapia. Flávia já foi fotografada junto aos outros irmãos.

Sandra, por outro lado, investiu na carreira política e foi eleita vereadora de Santos em duas oportunidades; ela tentou se eleger deputada estadual, mas não obteve êxito.