Pelé volta à UTI após instabilidade respiratória, diz boletim

·1 minuto de leitura
Pelé em evento em 2019 (Foto: AFP / NELSON ALMEIDA)
Pelé em evento em 2019 (Foto: AFP / NELSON ALMEIDA)

O Hospital Albert Einstein, em São Paulo, confirmou que Pelé voltou à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após apresentar breve instabilidade respiratória na madrugada desta sexta (17) e se encontra em cuidado semi-intensivo.

De acordo com os médicos que assinam o boletim, a medida foi tomada de forma preventiva. Após estabilização do quadro, o ex-jogador passou para cuidados semi-intensivos. O quadro é estável do ponto de vista cardiovascular e respiratório, e segue em recuperação de pós-operatório abdominal. 

Leia também:

Ele ficou na UTI do mesmo hospital do dia 4 ao dia 15 de setembro, quando teve de passar por um procedimento cirúrgico para a retirada de um tumor no cólon, uma parte do intestino. Ele estava no quarto há dois dias.

Aos 80 anos, Pelé foi internado no dia 30 de agosto, quando anunciou que passava por exames de rotina. Foi quando o tumor foi encontrado.

Pelé já vinha sofrendo de problemas de saúde após uma cirurgia no quadril, o que dificulta sua locomoção desde 2018. O ídolo do futebol mundial também realizou uma cirurgia de retirada de um cálculo renal em 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos