Pelo Brasileiro, Fluminense perde para o Juventude e para o campo alagado: 1 a 0

O Fluminense foi para Caxias do Sul esperançoso de retomar a sequência positiva com Fernando Diniz, depois da derrota para o Flamengo. Só não contava com as fortes chuvas na cidade gaúcha, que deixaram o campo do Alfredo Jaconi alagado, impraticável para o futebol.

O problema, nesses casos, é que sempre tem alguém que se adapta melhor a essas condições. E foi o Juventude. Melhor na maior parte do tempo, venceu o jogo por 1 a 0, neste domingo. A equipe gaúcha conseguiu, com o resultado, sair ao menos provisoriamente da zona de rebaixamento.

Já o time carioca emplacou a segunda derrota seguida sob o comando de Fernando Diniz. Agora são cinco vitórias, dois empates e duas derrotas. O saldo segue bem positivo, mas não muda o fato de que o Fluminense ficou estagnado no meio da tabela do Brasileiro, com 11 pontos.

O gol da partida foi contra, marcado pelo zagueiro Luccas Claro, ainda no primeiro tempo. Um lance confuso, típico de jogos com o gramado alagado, com jogadores escorregando, erros causados pela superfície molhada.

O pecado do Fluminense, se é que houve um, foi ter demorado a abrir mão do jogo implementado por Fernando Diniz, de toque de bola, aproximações, time compactado. O Juventude, do outro lado, usou e abusou das bolas longas, dos cruzamentos na direção da área.

O próximo jogo do time das Laranjeiras será quarta-feira, contra o Atlético-MG, no Maracanã. Parada difícil, mas que, em um campo minimamente praticável, não é tanto assim.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos