Pelo terceiro dia seguido, Rio bate recorde de fila por UTI para Covid-19; mais de 600 aguardam vaga

Felpe Grinberg
·1 minuto de leitura

RIO — Dados do governo do estado mostram que o Rio registrou nesta quarta-feira a maior fila de pacientes aguardando leitos de UTI de toda a pandemia. Números divulgados pela secretaria estadual de saúde mostram que 602 pessoas aguardam uma vaga de terapia intensiva em todo o Rio. É o terceiro dia seguido que o triste recorde é quebrado.

Nem na segunda onda que atingiu o estado no fim do ano de 2020, o estado chegou próximo de ultrapassar as filas de UTI registradas em maio do ano passado. A fila por um leito de UTI vem crescendo dia após dia no estado do Rio. Há 15 dias eram apenas 73 pessoas aguardando uma vaga de CTI, o que representa um aumento de qmais de 500%. Se somados com os leitos de enfermaria, 837 pacientes aguardam transferência.

Com o novo recorde, entre os cinco dias que mais pacientes graves esperaram por um leito ao mesmo tempo no Rio, somente um foi no primeiro pico da doença. Todos os demais ocorreram nos últimos dias.

Maiores fila por leito de UTI no Rio

25 de março de 2021 - 60224 de março de 2021 - 58223 de março de 2021 - 52809 de maio de 2020 - 51022 de março de 2021 - 493

Fila por leitos de UTI nos últimos 10 dias:

25 de março: 60224 de março: 58223 de março: 52822 de março: 49321 de março: 44520 de março: 38119 de março: 337618 de mrço: 27817 de março: 27616 de março: 257

Segundo o painel do estado, a mediana está em 16 horas para UTI e 11 horas para leitos de enfermaria. Atualmente a taxa de ocupação de leitos de UTI em todo o estado está em 90,7% e 78% das vagas de enfermarias estão ocupadas.