Pentágono: bomba H norte-coreana no Pacífico seria 'irresponsável'

(Arquivo) O chefe do Pentágono, James Mattis

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, considerou nesta segunda-feira que um teste da bomba H da Coreia do Norte no Pacífico seria "uma demonstração chocante de irresponsabilidade" em resposta às ameaças de Pyongyang a este respeito.

Este aviso ocorre em um momento de escalada verbal entre o presidente americano Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-Un sobre o programa nuclear do regime comunista.

"Seria uma demonstração chocante de irresponsabilidade no âmbito da saúde, estabilidade e não-proliferação", disse Mattis no avião que o leva à Índia, onde fará uma visita de três dias.

O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong-ho, disse a repórteres em Nova York, à margem da recente Assembleia Geral da ONU, que seu país poderia considerar explodir uma bomba de hidrogênio fora de seu território.

Em seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump ameaçou "destruir totalmente" a Coreia do Norte e rotulou Kim Jong-un de "rocket man" que está em uma "missão suicida".