Pentecostais? Neopentecostais? Entenda o 'dicionário' evangélico

Getty Images

O Datafolha divulgou, nesta semana, uma pesquisa que mostra o crescimento do número de evangélicos no Brasil. Segundo o levantamento, 50% da população brasileira é católica, enquanto os evangélicos, em crescente, já representam 31%. Outros 10% não têm religião.

Uma projeção feita pela Folha de S. Paulo também apontou que até 2032 o número de evangélicos passaria o de católicos caso o índice de crescimento se mantenha igual ao de hoje. Ou seja, em 12 anos será possível termos mais brasileiros adeptos da doutrina evangélica (39,8%) do que da igreja católica (38,6%).

Leia também

A pesquisa também definiu que a cara típica do brasileiro evangélico é feminina e negra, já que as mulheres representam 58% desse naco religioso. O universo evangélico é também mais negro que o católico. Somados, os evangélicos que se declaram pretos ou pardos são 59%.

Dentro desse universo, palavras como pentecostais, neopentecostais e congregação são comuns para designar as separações de cada igreja. A equipe do Yahoo Notícias detalhou um glossário a respeito da linguagem comum para os evangélicos.

  • Pentecostal: Uma igreja que tem em sua crença que os dons do Espírito Santo se manifestam como falar em línguas, cura ou profecia. O termo é derivado da palavra grega Pentecostes, que descreve a festa judaica das semanas quando se comemora a descida do Espírito Santo sobre os seguidores de Jesus Cristo, conforme descrito no Atos 2. É mais comum entre evangélicos, mas existe entre outros grupos cristãos, como os católicos.

    São igrejas ditas pentecostais: Igreja Assembléia de Deus, Igreja Metodista Wesleyana, Igreja do Evangelho Quadrangular, Igreja Evangélica O Brasil Para Cristo, Igreja Pentecostal Deus é Amor, Congregação Cristã do Brasil, Igreja Casa da Bênção e Igreja de Deus no Brasil;


  • Neopentecostal: O neopentecostalismo deriva da chamada 3ª onda do movimento pentecostal, sendo regido pelo princípio da Doutrina da Prosperidade, que estabelece que uma vida medíocre do cristão é um indício de falta de fé. Os neopentecostais também têm ênfase na busca de revelações diretas da parte de Deus, de curas milagrosas para doenças e a disputais no campo espiritual entre forças do bem e do mal.

    No Brasil, alguns dos maiores e mais representativos grupos dessa corrente são a Igreja Universal do Reino de Deus, a Igreja Internacional da Graça de Deus, a Igreja Mundial do Poder de Deus, a Igreja Renascer em Cristo, a Igreja Apostólica Fonte da Vida e a Comunidade Cristã Paz e Vida;


  • Congregação: Define simplesmente a formação de uma comunidade religiosa. Apesar disso, o entendimento também compreende não somente ao grupo de evangélicos que se reúnem na igreja, mas a relação formada entre eles e também suas práticas cotidianas. Envolve ir à igreja, manter a chamada “cobertura espiritual” através das pregações do pastor, entregar o dízimo na igreja e etc.


  • Aspersão: No contexto do batismo evangélico, a aspersão passa pelo ritual de borrifar água com o aspersório. A água é borrifada, espalhada ou chuviscada sobre quem deseja se batizar. Algumas denominações acham que o batismo tem que ser por imersão - mergulhar na água;


  • Ceia: Comumente realizada no 1º domingo do mês, quando se come o pão árabe com suco de uva, representando a comunhão com Deus;


  • Quarto homem: Palavra para definir anjo, utilizada mais nas denominações pentecostais. A origem é no texto bíblico de Daniel, que relata que os três amigos de Daniel foram jogados na fornalha e apareceu um quarto homem que era um anjo e não os deixou queimar;


  • Irmão / Irmã: Forma como os evangélicos chamam ou se referem uns aos outros. O conceito surge a partir do preceito de que todas pessoas que são filhas de Deus e, portanto, irmãos entre si;


  • Shofar: Sinônimo de berrante, sendo um instrumento tradicionalmente sagrado no Judaísmo;


  • Varão: É um sinônimo para o gênero masculino na igreja. Adquiriu um tom de apelido entre os evangélicos quando utilizado por mulheres para demonstrar interesse;


  • Arrebatado: Originalmente usado para referir-se ao apocalipse, definindo aqueles que serão poupados do juízo final. Outra interpretação, mais humorada, serve para se referir quando um cristão “estava muito conectado com o Espírito Santo”


  • Conversão: Converter-se à religião evangélica, ser batizado e realizar uma confissão de fé;


  • Dízimo: Realizar a doação de 10% de tudo o que você para a obra de Deus;