Pequim alerta para surto "explosivo" de Covid-19; Xangai realiza testes em massa

Por Andrew Galbraith

XANGAI (Reuters) - A capital chinesa Pequim passa por um surto "explosivo" de Covid-19 relacionado a um bar, disse porta-voz do governo neste sábado, enquanto o centro comercial, Xangai, promove testes em massa para conter avanço nos casos vinculados a um salão de cabeleireiro.

O alerta seguiu um novo endurecimento das restrições em função da Covid-19 em Pequim, em vigor desde quinta-feira, com pelo menos dois distritos determinando o fechamento de alguns locais de entretenimento após um surto em um bairro conhecido pela vida noturna, compras e embaixadas.

Embora a taxa de infecção na China esteja baixa para os padrões globais, o governo mantém sua política de tolerância zero à Covid-19, sob o argumento de proteger idosos e o sistema médico, ainda que outros países tentem conviver com o vírus.

Até o momento, o país de 1,4 bilhão de habitantes registrou apenas 5.226 mortes por coronavírus.

"O recente surto... é de natureza fortemente explosiva e de alcance generalizado", disse Xu Hejian, porta-voz do governo municipal de Pequim, em uma coletiva de imprensa.

(Reportagem de Andrew Galbraith, Ryan Woo, Brenda Goh e redação de Xangai)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos