Perfil de candidato de Bolsonaro elogia Lula, apaga post e afirma ter sido hackeado

Marcos Pontes, candidato de Bolsonaro ao Senado em São Paulo, teve post pró-Lula publicado nas redes sociais (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Marcos Pontes, candidato de Bolsonaro ao Senado em São Paulo, teve post pró-Lula publicado nas redes sociais (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Candidato de Jair Bolsonaro (PL) ao Senado por São Paulo, Marcos Pontes (PL) afirmou ter sido hackeado na madrugada desta sexta-feira (30). Após o debate, o perfil do astronauta no Twitter elogiou o ex-presidente Lula (PT). Pontes é ex-ministro da Tecnologia e Inovação do governo Bolsonaro.

“Lulaaaaa 13! Esse debate foi decisivo. VAI DAR PT! VAMOS VOTAR EM PROL DEMOCRACIA e não vamos deixar o ódio e a mentira vencer de novo”, dizia a publicação. Em seguida, o post foi deletado da conta do candidato bolsonarista. No entanto, foi o suficiente para evitar que a publicação fosse notada.

Após a repercussão, Marcos Pontes afirmou que teve as contas nas redes sociais invadidas.

“Nossa campanha realmente está incomodando algumas pessoas. Hoje, nossas redes sociais foram invadidas. Ainda não sabemos quem foram os autores, mas já estamos tomando as providências”, escreveu o candidato em um comunicado.

“Não é coincidência, que justamente no período em que mais crescemos nas pesquisas, nossa mídia seja atacada desta maneira. Repudiamos esse ataque covarde, e vamos tomar as medidas legais”, prometeu.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente: