Perrengue para chegar a tempo da estreia do Brasil na Copa: relatos explodem nas redes

A contagem regressiva para às 16h, quando o Brasil estreia na Copa do Mundo contra a Sérvia no Estádio de Lusail se aproxima do fim. Enquanto para uns o tempo demora a passar, há torcedores torcendo para a ampulheta voltar no tempo. Nas redes sociais, os relatos daqueles que estão correndo contra o relógio para chegar a tempo antes do hino nacional tocar aumentam enquanto o tempo passa.

Os relatos são controversos: tem quem comemore o clima de festa já no transporte, outros reclamam das lotações e da falta de transporte, e ainda teve quem presenciou uma discussão com um torcedor já embriagado antes mesmo do Brasil entrar em campo.

Mas para os mais otimistas, nem a viação lotada foi suficiente para tirar o sorriso no rosto e a empolgação de, finalmente, começar a trajetória na busca pelo hexa.

Em um ônibus do Rio, uma torcedora flagrou a viação com os passageiros todos de amarelo — combinando com a estética do transporte público da cidade — e afirmou que só o motorista não estava uniformizado. Já outra usuária da rede social relatou que todos os "pilotos" também vestiam a camisa do Brasil.

A bola rolou e ainda havia diversos relatos dos torcedores presos dentro do transporte enquanto esperavam para chegar em seus destinos — seja eles a própria casa, uma confraternização, festas ou bares.

Conforme o relógio ia passando, uma torcedora já aceitava, mesmo que contrariada, a situação de que perderia pelo menos uma parte do duelo no transporte até a TV mais próxima.

E isso é só para quem conseguiu embarcar: em Curitiba, as filas só cresciam enquanto a esperava aumentava.