Pescador à deriva por 15h é salvo após polícia achar a cadela dele perto de naufrágio

1 / 3

cadela-heidi-2.jpg

Cadela Heidi ficou à deriva por 11h numa baía na Austrália

Uma cadela ficou à deriva por cerca de 11 horas após o barco de seu dono, que é um pescador de 63 anos, ter naufragado na Austrália, no último dia 19. A operação de resgate pelo homem só começou depois que o animal foi salvo pelas autoridades locais.

A polícia de Queensland, na Austrália, começou a fazer uma busca em larga escala na manhã do dia 20, assim que encontrou Heidi, da raça pastor-alemão, na baía de Moreton.

Por volta das 6h daquele dia, um pescador avistou o animal nadando em meio a vários itens boiando, incluindo tanque de combustível, caixa de equipamentos e roupa de mergulho.

Os pertences do navegador foram recolhidos e levados para as autoridades locais, enquanto Heidi foi encaminhada a um veterinário, que constatou que ela não havia sofrido ferimentos.

A operação de resgate trabalhou com um helicóptero, quatro embarcações, jet ski da Marinha de Queensland, Guarda Costeira Voluntária da Marinha e Resgate Marinho Voluntário.

Por volta das 10h25, o homem de 63 anos foi visto agarrado a uma embarcação, com apenas uma pequena parte visível. Ele relatou que o barco perdeu força e começou a reter água. Seu estado de saúde também era bom.

Enquanto aguardava seu dono ser localizado, a cadela foi alimentada e ficou em um ambiente climatizado confortável.