Pesquisa AtlasIntel: Lula tem 8,4 pontos de vantagem sobre Bolsonaro no 1º turno

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante entrevista coletiva em São Paulo

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - Pesquisa do instituto AtlasIntel divulgada nesta quinta-feira apontou vantagem de 8,4 pontos percentuais para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) no primeiro turno da eleição presidencial de outubro.

De acordo com o levantamento, encomendado pela consultoria política Arko Advice, o ex-presidente petista aparece com 46,7% das intenções de voto, ante 44% na sondagem anterior do instituto em julho, ao passo que o candidato à reeleição soma 38,3%, contra 34% no mês passado.

Ciro Gomes (PDT) soma 6,4%, ante 8% no mês passado, e Simone Tebet (MDB) tem 3,6%, ante 4% na sondagem anterior.

A pesquisa AtlasIntel, que recruta entrevistados pela internet, tem margem de erro de 1 ponto percentual.

Entre os demais candidatos, Pablo Marçal (Pros), cuja retirada de candidatura deve ser oficializada em breve, soma 1,5%; Felipe D'Ávila (Novo) tem 0,7%, Vera Lúcia (PSTU) soma 0,4%, Sofia Manzano (PCB) aparece com 0,2% e José Maria Eymael (DC), Léo Péricles (UP) e Soraya Thronicke (União Brasil) têm 0,1% cada.

Ainda de acordo com o instituto, Lula venceria Bolsonaro em um eventual segundo turno por 51,8% a 40,8%. Neste cenário, a soma dos indecisos e dos brancos e nulos é de 7,4%.

O levantamento também perguntou sobre a avaliação do governo Bolsonaro e 53,9% dos entrevistados disseram avaliar a gestão como ruim ou péssima, ao passo que 29,9% a enxergam como ótima ou boa e 15,3% a veem como regular.

Além disso, 56,5% desaprovam o desempenho de Bolsonaro na Presidência, enquanto 39,5% aprovam.

Para a pesquisa encomendada pela Arko Advice, a AtlasIntel entrevistou 7.475 pessoas online entre os dias 20 e 24 de agosto.