Pesquisa Datafolha: 92% estão totalmente decididos sobre voto a presidente

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira mostra que 92% dos eleitores brasileiros se dizem totalmente decididos sobre o voto para presidente da República. Segundo o levantamento, somam 7% os que admitem mudar a escolha até domingo.

O percentual de convicção do voto oscilou dois pontos percentuais para menos. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada na quarta-feira da semana passada, 94% diziam já ter batido o martelo. Já os que poderiam trocar de candidato somavam 6%, uma oscilação de um ponto percentual, também dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Entre os eleitores que declaram vota em Bolsonaro, 94% estão convictos (eram 95% na pesquisa anterior), enquanto 6% podem mudar de opinião (ante 5% da semana passada). Considerando os que optam por Lula, 93% estão certos da escolha (eram 94%) e 7% podem mudar (antes eram 5%).

A possibilidade de mudança é maior entre os que declaram voto branco ou nulo. Neste público, 30% admitem repensar a escolha. Na pesquisa anterior, eram 21%, um crescimento, portanto, de nove pontos percentuais. Outros 69% se dizem totalmente decididos.

O Datafolha também perguntou qual o plano B dos eleitores voláteis. A maioria (59%) votaria nulo ou branco, 15% votariam em Lula e 21% escolheriam Bolsonaro. Outros 5% não souberam responder.

O Datafolha ouviu 4.592 eleitores de 16 anos ou mais em 253 municípios. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais para mais ou menos, para um intervalo de confiança de 95%. A pesquisa, contratada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo", está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-04208/2022.