Pesquisa Ipec: Lula tem 54% dos votos válidos. Bolsonaro chega à véspera da eleição com 46%

A última pesquisa do Ipec antes do segundo turno da eleição para presidente indica 54% dos votos válidos para Luiz Inácio Lula da Silva (PT), contra 46% do candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL). A margem de erro do levantamento divulgado neste sábado pela TV Globo é de dois pontos percentuais para mais ou menos. Considerando essa margem, a distância entre os dois adversários na véspera da abertura das seções de votação varia de quatro a 12 pontos.

Os percentuais aferidos agora são os mesmos indicados na pesquisa para presidente divulgada na segunda-feira pelo Ipec. A distância máxima registrada nos quatro levantamentos feitos pelo instituto ao longo das campanhas para o segundo turno foi de dez pontos percentuais, nas duas semanas após o primeiro turno — em ambos os levantamentos, o placar nos votos válidos foi de 55% a 45%, com Lula à frente.

O cálculo dos votos válidos desconsidera os eleitores que declaram a intenção de votar em branco ou nulo (5% do total), além dos que se disseram indecisos (2%). Trata-se de uma conta comparável com a que é feita pela Justiça Eleitoral na apuração oficial. Se considerados os dois grupos, Lula marca 50% dos votos totais na pesquisa estimulada, contra 43% de Bolsonaro. De novo, os percentuais são exatamente os mesmos que haviam sido registrados no levantamento anterior.

Parte dos eleitores que participaram da pesquisa foi entrevistada pelo instituto fundado por ex-executivos do Ibope neste sábado, dia seguinte ao último debate entre Lula e Bolsonaro. No evento, realizado pela TV Globo, o ex-presidente focou na pauta econômica para tentar atrair o voto dos eleitores que ainda estão indecisos, enquanto o atual chefe do Executivo partiu para o ataque contra o adversário com temas que passaram por corrupção e pela defesa do aborto.

O Ipec entrevistou presencialmente 4.272 eleitores entre 27 e 29 de outubro. A margem de erro máxima é estimada em dois pontos percentuais para mais ou menos, para um intervalo de confiança de 95%. O código de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é o BR-05256/2022.

As pesquisas de intenções de voto divulgadas na véspera das eleições não têm o objetivo de serem uma previsão do que acontecerá no dia seguinte nas urnas eletrônicas. Apesar disso, os levantamentos feitos para o segundo turno têm um histórico de compatibilidade com os resultados apurados pelo TSE.