Pesquisa para governador de SP: Ipec mostra Tarcísio com 52% contra 48% de Haddad nosvotos válidos

O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) chega à véspera da eleição com 52% dos votos válidos, segundo pesquisa Ipec divulgada neste sábado. O ex-prefeito Fernando Haddad (PT) tem 48%. Os dois estão empatados no limite da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O cenário se manteve estável em relação à última terça-feira.

A única variação foi nos votos totais, que consideram brancos, nulos e indecisos. Tarcísio manteve os 46%, mas Haddad oscilou um ponto para baixo, de 43% para 42%.

Na pesquisa espontânea, 20% ainda não sabem em quem votar. Isso significa que o cenário ainda é aberto para a disputa ao governo de São Paulo e, entre este sábado e o domingo eleitoral, o placar ainda pode mudar tanto para um lado quanto para o outro.

A Justiça Eleitoral divulga os resultados das eleições em votos válidos, e por isso os institutos passam a dar ênfase a esses números na reta final do pleito. Especialistas como o sociólogo e cientista político Antonio Lavareda, no entanto, defendem que as pesquisas sejam lidas por meio dos votos totais, e não dos válidos, para uma comparação com resultados recalculados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também em totais. À frente do Ipespe, Lavareda argumenta que o TSE calcula os votos válidos a partir do número de eleitores que foram votar, enquanto os institutos consideram o universo total de eleitores, que são mais de 156 milhões. Portanto, não seria correto compará-los.

A pesquisa ouviu 2.000 pessoas entre os dias 27 e 29 de outubro em 84 municípios paulistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número SP-03129/2022.