Pesquisa revela que 41% dos brasileiros já recusaram ofertas de trabalho por acharem salário insuficiente

Uma nova pesquisa da plataforma on-line de vagas de emprego Catho mostra que 41% das pessoas cadastradas já chegaram a recusar uma oferta de trabalho por considerar o salário insuficiente, ou seja, quatro em cada dez candidatos em busca de uma oportunidade.

Além da baixa remuneração, os usuários declararam já ter rejeitado ofertas de trabalho pelo fato de a empresa estar distante do local de residência (28%), por não gostarem das atividades previstas para a vaga (14%) ou por acharem os benefícios concedidos insuficientes (7%).

Ainda de acordo com a pesquisa, os motivos menos citados foram a falta de um plano de carreira (5,5%), a percepção negativa sobre a empresa (3%) e o fato de a vaga em questão ser em um nível hierárquico inferior ao que o usuário ocupava no momento da oferta (1,5%).

O levantamento mostrou também que 34% das mulheres afirmaram recusar propostas pela distância entre a casa e a empresa. Já para os homens, o principal motivo por trás da recusa de propostas está atrelado ao salário (41%).