Pesquisa revela que 90% dos brasileiros querem que empresas exijam vacinação na volta ao escritório

·1 minuto de leitura

Com a diminuição gradual das restrições relacionadas à pandemia de Covid-19, algumas empresas já estão abandonando o home office e pedindo que seus funcionários voltem aos escritórios. Nesse sentido, uma pesquisa do LinkedIn, rede social profissional, revelou que 90% dos brasileiros querem que os empregadores exijam comprovante de vacinação de seus colegas.

O Brasil apresenta o maior percentual em comparação a outros países, como Espanha (71%) e México (86%). Para o Diretor Geral do LinkedIn para América Latina, Milton Beck, apesar de as medidas de segurança serem uma preocupação ao redor do mundo, é possível perceber que os brasileiros as vêem como essenciais:

"Aqui no Brasil, as empresas colocam muito peso na presença física dos funcionários. Para muitas delas, o fato do profissional estar no escritório e cumprir uma jornada de oito horas pode valer mais do que ele ser super produtivo trabalhando de casa, em horários alternativos. Com a pesquisa, fica evidente que os trabalhadores estão dispostos a voltar para o ambiente físico, mas precisam se sentir seguros para isso", diz o diretor.

O levantamento também indicou que 84% dos respondentes acreditam que testes de Covid-19 são relevantes para a volta aos escritórios. Além disso, 85% afirmaram que perguntarão a seus gerentes, colegas e outras pessoas que interagem diariamente se eles tomaram a vacina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos